quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Fragilidades


Por vezes sinto a necessidade de construir uma muralha à minha volta, para impedir que os outros vejam aquilo que realmente sinto e aquilo que sou...
Não é algo que faça de forma consciente porque desde sempre fui vista como alguém forte e por isso demonstrar fragilidade quando todos esperam o oposto de mim não é algo fácil de fazer.
Não me devo importar com aquilo que os outros pensam de mim, nem guardar tudo aquilo que sinto para mim, porque chorar e libertar o sentimento faz bem...

Algo que a vida me ensinou foi sem dúvida a lutar e não desistir, mas o caminho é difícil e so quando nos fazemos de fortes quando nada disso é a realidade que vivemos, descobrimos que afinal temos mais capacidades que desconheciamos.


1 comentário:

  1. fechar-mo-nos dentro da nossa concha...tambem temos esse direito..

    ResponderEliminar